Quando eu estou cá fora, no mundo infinito que nos assombra ou até maravilha, gosto muito de passear e saborear as tenrinhas folhas de erva que no meu jardim vão crescendo.

     Ando tranquilamente pelo jardim a roer cada folha, a saborear pedaços de erva que brota da terra e a sentir nas minhas patas a rude e quente terra que lhes dá vida, não só a cada erva que cresce como também a todos nós, pois de lá nascemos e lá voltaremos... Já ouvi isso por aqui em algum lado.

 

 

 

     Sei que estou um pouco ligada à meditação, hoje, mas é o que me apetece dizer, pois quando passeio pelo jardim encontro o meu momento de paz de espírito, de reflexão, de descanso verdadeiro, até posso dizer de um encontro com o meu outro eu, com a minha outra Minuche... uma Minuche cada vez mais adulta, mais sensata e pensativa sobre as questões que assombram a nossa sociedade... Pois todos nós vivemos nela...

 

sinto-me: Curiosa pelo saber
publicado por Shadow_Fighter às 16:14