O Quartinho da Minuche

pesquisar

 
Terça-feira, 09 / 08 / 05

A Vida vai-me passando â frente dos meus olhos...

     Sempre fui uma gata de poucas aventuras... Habituada como eu estou em ficar sempre no meu quartinho, pelo qual comunico com o meu mundo mesmo através deste modo, sempre que saio para esse imenso mundo, saio de um modo assustado, e sempre sorrateira, a rastejar quase, pronta para qualquer eventualidade... Sinto receio desse grande "quarto" que é o mundo lá fora... Sei que posso ver outros como eu, que andam por aí à sua vontade, livres... Ou pelo menos parecem serem livres, pois nem sempre são pois viver sozinhos por aí por esse tão grande quarto sem muitas condições não deve ser muito bom...


     Por isso é que mesmo assim eu ainda gosto de estar no meu quartinho, com a minha dona... E ainda bem que a tenho...


Imagem 968.jpg


     E a minha dona sempre me tratou da melhor maneira... Com ela sinto-me uma rainha, ou melhor, como ela me chama, uma princesa, mesmo quando estou assim mais quente, como tenho andado de novo ultimamente... A miar e a miar por aí... Ela bem que diz para eu me calar, mas eu não consigo... é mais forte que eu ...


     Mas fora esse pequeno precalço, as coisas no meu quartinho são muito melhores que no grande quarto que é esse mundo... E é do meu quartinho que tenho emitido também estas minhas opiniões, estas minhas escritas...



Imagem 934.jpg



     Até parece que por esta fotografia última, que apenas penso com a vida... mas também não faço muito mais coisas, pois acordo todos os dias, bebo a minha água da torneira, como alguma coisa, e volto para o descanso dos deuses, por vezes encostada à janela, olhando o mundo lá para fora... E penso na vida, no mundo lá fora...  Muitas coisas se passam por esse mundo incompreensível para os meus olhos e para a minha cabeça. Já vos falei do descuido do homem pelo seu mundo mas agora não vos vou falar disso.


Imagem 945.jpg


     Falo-vos antes de um outro problema que eu vejo acontecer cada vez que eu chego a este mês, quando olho para lá para  rua do meu quarto. Ainda me lembro, quando a minha dona me adoptou, lá naquela loja, quando eu estava com as minhas irmãs, por lá abandonadas, o que o meu dono lhe disse... " - Olha que se pensarmos em ter um animal em casa, temos mesmo que pensar em lhe dar todo o tratamento que ele tem direito... E o seu tratamento implica sacrifícios...".


     Eu era muito novinha nesse tempo e não sabia bem o que isso significa... Só aprendi mais tarde ao saber que os meus donos tinham sempre uma ligeira dificuldade em poder marcar umas férias dos trabalhos deles, mas nunca entendia porque... Pois não marcavam para muito longe...   Sei agora que a dificuldade deles era motivada por mim, principalmente... " - E a Minuche, como fica? E será que a podemos levar ? E ela poderá se habituar com os teus pais?" Ouvia isto... E senti que apesar de tudo, era e soou muito amada e querida... pois agora olho para o outro lado da janela do meu quartinho, quentinho e com todo o conforto, e vejo amigos meus, outros gatos, ou mesmo outros cães, a andar por aí pela rua... abandonados... porque estamos em época de férias... É tão duro sentirmos que deixamos de ser amados pelos nossos donos... Por acaso nesse ponto eu não tenho nem terei razão de queixa, pois os meus donos fazem de tudo para que eu fique sempre da melhor maneira e que tenha sempre o melhor tratamento... Deve ser por isso que eles também ainda não tiveram assim muitas férias...


     E por isso eu peço a vocês, meus leitores do meu quartinho... Não abandonem os meus amigos animais... eles também tem um coração, sentimentos e carinho... muito carinho para dar... pois apesar de podermos ser fofinhos e queridinhos... não somos um peluche para usar e por de lado... Temos uma vida própria...


 


 


 


publicado por Shadow_Fighter às 12:39
Sábado, 06 / 08 / 05

Opiniões também são importantes.... Mesmo do meu quartinho....

Minuche na cama 2.jpg


     Sim... É verdade... A minha opinião sobre os assuntos que se vão passando ao meu redor também é importante...


     Sei que não tenho deixado muita coisa escrita aqui neste meu "quartinho" mas também com este calor que tem estado, as coisas lá por casa tem andado muito atarefadas... E eu também tenho os meus afazeres... pois já não sou mais uma gatinha... Tenho já quase os meus 30 aninhos, (3 anos em idade de humanos). Já sou uma gata dona do meu nariz (e bigodes) e com muita atenção... principalmente quando ando por cima do parapeito da varanda da casinha da minha dona... de um quarto para o outro... Até que gosto, pois sinto-me gata de circo, a andar na corda bamba... mas mesmo assim ainda tenho um medo daqueles, pois ainda é alto... Pois de lá tenho uma vizão e tanto do mundo lá fora... (também é um 5º andar...)


     E é nessas minhas visões do mundo de lá fora, que eu quero deixar aqui a minha opinião...


     Tenho sentido, não só muito calor durante estes últimos dias, mas também um cheiro terrível a floresta queimada... E olha que o meu olfacto consegue perceber diversos odores... Muitos mais que os humanos... E por isso o meu nariz não me engana... Um dos mais assustadores instrumentos descobertos pelo homem, bem na antiguidade, está a assolar o espaço lá fora... É um cheiro a terra, a arvore, a troncos, erva queimada, que até a mim mete-me medo... Como estarão os meus colegas animais selvagens que também vivem nos seus "quartinhos" por essas florestas, nos seus ninhos de árvores, nos seus espaços... Quantos e quantos já desapareceram deste mundo que não é só de alguns, mas de todos nós, animais e humanos... ainda um dia vou ver se consigo entender a compreensão humana... Como há humanos que gostam de destruir o que é deles? Pois o nosso planeta é de todos... ele não é só de alguns... É de todos nós e todos nós precisamos dele... E, pelo que a minha dona me fala, há alguns que gostam de ver esses troncos, essas arvores, e mesmo, segundo o que eu consegui ouvir, casas de outras donas como a minha dona, com animais de companhia como eu, também completamente perdidas... Como é que eu, uma gata já com os meus 30 anos, consigo entender a cabeça destas pessoas que fazem estas aberrações???


     É muito complicada realmete a cabeça de certos humanos... Eu bem que faço uma força enorme para conseguir entender... Mas acho que não vale a pena...


     Mas não desisto de tentar...


 


 


 

publicado por Shadow_Fighter às 12:35
Ron Ron... Ron Ron..., Pois é... Uma gatinha também muda de casa, muda de vida, muda de imagem de vez em quando... Mas continuo a mesma Minuche de sempre... Bemvindos ao meu Quartinho...

mais sobre mim

Agosto 2005

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

últ. comentários

  • Obrigado Ana Lu... Sabes que uma princesa como eu ...
  • Oi Minuche! Seu quartinhno é muito fofinho, viu!? ...
  • A tua prima Minhoka tb é fã da água da torneira. A...
  • Obrigado pelo teu comentário... Sabes que apesar d...
  • Olá.Gostei muito do teu blog. Obrigado pelas tuas ...
  • Vim cá cuscar para ver se havia novidades da Minu...
  • :::Bem vindas e um grande beijinho meu e do meu P...
  • Olá, decidimos vir dar-te os parabéns pelo blog e...
  • vai contando as trakinices dela :) visita me em h...

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro